Tag Archives: moda

Aposta descolada: laranja! Quem usa?

27 set

Em editoriais de moda por blogs e revistas internacionais (masculinos) tem me chamado cada vez atenção a presença da cor laranja e o charme que ela adiciona aos looks. Não sei se ela veio a tona movimentada pelo color block ou wahtever, o que importa é que está em alta e (quando bem utilizada) veste linda e estilosamente.

Looks despojados e ousados com quebra nesta cor já são populares nas passarelas desde as “Fashion Weeks” de 2010.

Eu particularmente não acredito que haja um protocolo correto a ser seguido para usá-lo, curto muito a ideia de laranja tanto em camisas, casacos, calças, bermudas ou calçados. Mas com certeza eu não usaria um look “total orange” (vira annoying orange ao meu ver), embora a foto acima tenha deixado o look estiloso, achei cool mas muito “super-herói” (nem power rangers são tão monocromáticos). Também tomaria certo cuidado ao usar calça desta cor pois (como na foto abaixo) pode “encurtar” as pernas e ficar… estranho.


Annoying orange or not, quem curte e já comprou (ou vai comprar) peças desta cor para arrasar nesta temporada??? Eu aposto na cor e já adicionei à lista de compras!


Anúncios

De must drink a must have: Sempre Coca-Cola

21 set


O erro de xarope mais famoso da história é também o mais viciante nos quatro cantos do mundo. A Coca-Cola é sem dúvida o vintage mais renovado ao longo dos anos dentro da cultura pop. Além do ser um must drink (Q?) suas garrafas são verdadeiras obras de arte desde sempre e cada dia conquistam mais fãs e se tornando itens must have de colecionadores. Variados artistas e estilos já enfeitaram as garrafinhas mais amadas dos descolados. Aqui vão alguns exemplos pra gente recordar, ver e amar.

 


Nem só as garrafinhas são dignas de designs admiráveis, as latinhas também já tiveram inúmeras edições que valem a pena lembrar.

Mas a Coca-Cola foi muito além de refrigerante e cultura pop de massa, virou moda e está nos pés da galera que curte os estilosos Coca-Cola Shoes.  Os calçados da marca são super confortáveis para o dia a dia e já são considerados mais um daqueles must have dos fashionistas. Podem ser encontrados em diversos estilos, além dos sneaker também tem as sapatilhas e sandálias (que vem bem a calhar nessa época do ano).

Com esse post assumo minha posição de Coca-Lover, seja por consumir muito o refrigerante, admirar os designs do produto e tudo que a marca lançou e virou sucesso. Quem mais aí é Coca-Lover?

Pris Elias conta suas inspirações

16 set

Para quem não conhece a gata acima, ela é vocalista, guitarrista e tecladista da minha banda favorita da cena underground brasileira: Banda Mixtape. Pris Elias é uma Femme Fatale, super original e inspiradora de uma legião de fãs do que eu chamo “new rock”, um rock feito sem apego a características antigas e que vai além de guitarras e seus riffs convencionais. Para quem não conhece a banda Mixtape tá na hora:

A banda de Curitiba, Paraná, é formada por Pris Elias junto de Helen Negrão (baixista e Dj). A Pris foi super atenciosa e topou descrever seus gostos por email. Perguntei a ela um resumão básico e geral, abaixo seguem as respostas por tópicos de maneira crua (como ela mesma digitou):

MODA

Não tenho referências específicas na moda, mas atualmente me identifico muito com a mistura de elementos dos anos 80, do punk e do glam rock. A Hel é normalmente a pessoa que traz muitas referências reais (de desfiles, filmes e da própria música) de moda pra Mixtape. Eu analiso o que ela me mostra e escolho o que acho que tem a ver comigo.

MÚSICA

Na música, gosto muito de indie/rock, electro/pop, electro/rock, punk/pop, pop/rock internacional e 80’s. Atualmente os shows que mais me interessam são aqueles com super produção, como os da Pink, Madonna, Kylie Minogue, Rihanna, Lady Gaga e por aí vai.

ARTES

Sou fissurada pelos trabalhos do Salvador Dali e do Andy Warhol.

LITERATURA

Pra literatura tenho fases. Atualmente ando lendo muita coisa que trata direta ou indiretamente de questões espirituais. O primeiro disco da Mixtape, “O Tormento do Tempo”, marcou uma fase de minha (e nossas vidas) em que o tempo realmente representava um tormento pra gente, lutávamos contra ele e vivíamos ansiosas nessa constante luta. Essa literatura de trouxe tranquilidade, diante de um novo entendimento da vida. Gosto muito do Deepak Chopra e do Eckhart Tolle.

Roupas no dia a dia da cantora? Jeans skinny, baby look, blazer e coturno (ou tênis estilo all star).
Quando questionada sobre o que carrega em sua bolsa: Hahaha, só tem papel lá dentro!

Então, depois de saber um pouquinho mais dessa talentosa it rocker agora é só ver mais fotos para inspirar. Abaixo também segue minha música favorita da banda. A letra (composta pela própria) é ALGO = atention bees, tem muita bee que se revela depois de namorar um mulherão tipo a gata e sobre isso é a música.

Ao termino do email a linda ainda deixou essa frase muito linda:
Fico muito feliz por compartilhar informações com a galera que gosta ou que possa vir a gostar de nosso trabalho, sempre. 🙂 
Bjoka!
Pris 

B.A. por Ric & Ric por B.A.

15 set

Há tempos estou para fazer um post sobre algum fotógrafo que eu ache relevante, mas fica na dúvida entre meus preferidos. Como ontem precisei de umas fotos com urgência, me ocorreu o pensamento “valorizar o que é daqui (coisas de gaúcho), underground e novo”. Unindo o útil ao agradável esse post é para apresentar um amigão de longa data, Ricardo Silveira. Nascido em 24 de fevereiro (pisciano) de 1986 (25 anos) o guri de Porto Alegre é louco por um bom Rock, café, bons “papos culturais” e (é claro) fotos. Ricardo começou a fotografar há pouco tempo já pode-se elogiar sua habilidade e desempenho.

Fizemos as fotos apenas guiados pela inspiração do local e acredito que o Ric fez um trabalho pra ninguém botar defeito. O Ricardo sempre teve muito de poeta, só eu que acho as fotos dele pura poesia visual?! Segundo ele sua inspiração é transformar tudo em foto, tudo ao seu redor vira foto através de suas retinas que focam a arte em tudo no dia a dia do rapaz.

Tá, mas quem é o Ric? Babem pessoal, além de ótimo fotógrafo meu amigo também é lindo!

Espero que tenham curtido o post e as fotos (minhas e do Ric), afinal quem não curte esse estimulo que fotos dão ao ego???
Abaixo o que eu vesti nas fotos:

Boina: Renner
Jaqueta preta: Pool
Polo listrada: Brechó
Skinny: Clock House (C&A)
Bag: brinde da revista InStyle Espanhola de Abril
Óculos: Ray Ban
Anel: ganhei e não sei de onde é a bijuteria

ESTREIA – Bags and faces: Bruno Ribeiro

12 set

As bolsas podem expressar muito sobre quem as usa, bem sabemos que existem milhares de estilos compativeis com milhares de diferentes personalidades. Umas pessoas são menos básicas e necessitam bolsas enormes ou mochilas, outras nem tanto e comportam em um pequeno espaço que lhes serve no dia-a-dia. Bags and faces trará bolsas (mochilas e maletas também) de blogueiros, personalidades da web, fashionistas e leitores it lovers nos mostrando o que carregam em seu cotidiano. Espero que curtam os posts que virão a partir de hoje.

Para inaugurar decidi convidar um amigo blogueiro que já postei sobre AQUI: Bruno Ribeiro. O gato fashionista diz “Carrego o essencial: carteira, celular, guarda-chuva e eventualmente uma camisa ou casaco leve. ”

O blogueiro usa a bolsa Alexa da Mulberry, faz o tipo básico e sai apenas com o necessário. Básico ou não, estilo ele tem, concordam?

Curtiu o post? Quer participar e mostrar tua bag e o que levas nela? Só mandar email para baofficial@gmail.com com foto da bolsa (mochila ou maleta também serve), especificações sobre o que carregas e uma foto carregando ou ao lado dela! Aguardo

Projeto Fashion na TV para fashionistas de plantão

9 set

O novo reality show das telas brasileiras (versão do americano Project Runway) promete ser o “must watch” para quem curte o mundo da moda e quem (assim como eu) é fã de Herchcovitch! Projeto Fashion é o nome do programa, apresentado por Adriane Galisteu, que estreia dia 17 na band. Os estilistas Alexandre Herchcovitch e Reinaldo Lourenço serão jurados e terão a tarefa de selecionar entre 12 novos estilistas o vencedor. Além dos estilistas o grupo de jurados conta com Susana Barbosa, a editora de moda da ELLE Brasil. O prêmio? 100 mil reais para desenvolver uma coleção para as lojas Marisa, mais um carro Fiat zero-quilômetro e um look estampando a capa da ELLE. Achou pouco? Ainda tem um curso de moda no Istituto Europeo di Design (IED) de Milão. Que estilista não quer começar a carreira assim?

Os concorrentes (por ordem na foto abaixo) são:

Acácio Mendes, 22 anos, de Guarapuava, PR.
Adriana Póe, 24 anos, de Bertioga, SP.
Cynthia Hayashi, 23 anos, paulista.
Helen Salles, 23 anos, também paulista.
Helena Wen, 24 anos, capixaba.
Luis Serafim, 25 anos, de Joinville, SC.
Luiz Pita, 39 anos, de Cuiabá.
Micheline Pimenta, 21 anos, paulista.
Raphael Ribeiro, 25 anos, mineiro.
Talita Lima, 24 anos, paulista.
Tarcísio Almeida, 25 anos, soteropolitano.
Wesley alegretti, 21 anos, paulista.

Não sou um grande fã da Galisteu, mas é claro que não vou perder (imperdoável para um fã de Herchcovitch). Então aguardo os fashionistas comentando aqui o que acham e twittando na estréia do programa. Alguém aí já consegue apontar um favorito? Eu já tenho o meu!

Obs: Todas as informações tem como fonte a revista ELLE deste mês.

Panamá e seu charme

8 set

Sempre fui apaixonado por chapéus, boinas e bonés, mas se tem algo que ultimamente tenho observado fazer a cabeça da galera (literalmente) é o panamá. Estiloso, o “chapeuzinho” mais curtido pelo povo fashion atual cai super bem com várias peças e dá uma descontraída no look deixando mais suave e elegante para diversas ocasiões.

O blogueiro e it lover Jeff Way já se rendeu ao panamá e ficou lindão! Né gente?

O chapéu panamá é feito há mais 1000 anos (acreditam?). Inicialmente feitos a mão por índios Incas que demoravam de 2 a 6 dias para tece-lo. A palha do qual é feita encontra-se apenas no Equador. Recebeu o nome panamá pois quando construíram o canal do Panamá os franceses, depois os americanos, passam a usa-lo como proteção do calor e da umidade, “imitando” assim os trabalhadores locais. Quando retornavam aos seus países eram questionados sobre a origem respondiam que era do panamá, tornando-se assim o nosso conhecido chapéu panamá que é usado por vários fashionistas e celebridades.

 

 

Após anos ele começou a ser produzido em grandes quantidades por diversas empresas. Hoje o temos em várias cores, tamanhos e materiais. Curtiu o post e te inspirou a usar? Não tem problema, também tenho dica de onde comprar. Aquele super original, de palha e feito feito por índios, e outros tipos podem ser encontrados AQUI (diversos por R$ 194). Fica dica pra quem quer entrar na onda do lindíssimo panamá!